Discursivas de Psicologia com Respostas para Concursos Públicos

R$ 59,90
R$ 49,90
ou 3 x R$ 16,63
. Comprar  
82 Questões de provas discursivas de PSICOLOGIA acompanhadas do espelho de resposta oficial da banca examinadora.
 
ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM JANEIRO DE 2019
 
E-Book em PDF – É permitida a impressão.

Excelente material para consultar o histórico de provas discursivas anteriores da área, analisar os assuntos mais cobrados, nível de dificuldade das questões, formato das questões, padrões das bancas examinadoras, etc...
 
GRÁTIS - Atualizações de questões novas por 01 ano da data da compra.
 
O envio é feito por e-mail - 02 dias úteis (cartão de crédito ou débito) ou 03 dias úteis (boleto bancário).
 
Exemplos de questões discursivas anteriores:

Analista Judiciário - Psicologia - TRE-RJ - Ano: 2017 - Banca: CONSULPLAN - Disciplina:  Psicologia - Assunto: Psicologia - Considerando as informações do caso, os fundamentos de psicopatologia e das patologias relacionadas ao trabalho e as diretrizes para uso de instrumentos e para atuação profissional do Conselho Federal de Psicologia, responda: A) Que tipo de características configuram um transtorno mental? B) Qual(quais) a(s) hipótese(s) diagnóstica(s) compatível(is) com o caso de Clélia? Quais os especificadores ácidos? C) Elabore um plano de intervenção para Clélia considerando as características das respostas anteriores.
 
- Resposta: A) O candidato deverá reunir, de acordo com o caso em questão, indicadores (exemplos) da história pregressa e atual do sujeito, abrangendo as dimensões psíquicas, biológicas, sociais (relacionamentos familiares, de trabalho e em situações de lazer), que envolvam e/ou estejam propiciando ao sujeito comprometimento e/ou restrição simultâneos dessas áreas ao longo de um período significativo de vida; configurando, portanto, os critérios para a compreensão e a identificação da presença de transtorno mental.  B) O candidato deverá apresentar como hipótese diagnóstica a Síndrome de Burnout aliada a um quadro de estresse crônico, evidenciando as principais características da patologia. Ou seja, que consiste em um problema de significativa relevância e é associada a várias disfunções, com problemas psicológicos, físicos e sociais, podendo levar a perda total da capacidade laboral; caracterizada por exaustão emocional, despersonalização e diminuição de produtividade profissional, consequências físicas, psíquicas e sociais, comprometendo a qualidade de vida do indivíduo e do trabalho.  C) Evidenciar se individual ou em grupo. Se individual, deve-se elaborar um plano condizente com essa proposta de assistência, tal como um plano terapêutico; se em grupo, é necessário adicionar o plano e a proposta, tal como um grupo focal e o tema que ele possui. Ambas as propostas requerem evidenciação dos contextos, instrumentos utilizados, e do prognóstico, por exemplo, além de evidenciar a necessidade de envolvimento do ambiente de trabalho ou não.  Fontes:   Dejours, C. (1992). A Loucura do trabalho: Estudo de psicopatologia do trabalho. São Paulo: Cortez.   Jacques, M.G.; & Codo, W. (Orgs.) (2002). Saúde mental & trabalho: leituras. Petrópolis: Vozes.   Carlotto, M. S., & Câmara, S.G. (2008). Análise da produção científica sobre a Síndrome de Burnout no Brasil. PSICO, Porto Alegre, 39(2), 152-158.   Moraes, P.W.T. & Bastos, A.V.B. As LER/DORT e os fatores psicossociais. Arquivos Brasileiros de Psicologia; Rio de Janeiro, 65 (1): 2-20, 2013.   Zanelli, J.C., Borges-Andrade, J.E., & Bastos, A.V.B. (2014). Psicologia, Organizações e Trabalho no Brasil. 2ed. Porto Alegre: Artmed.   Schermerhorn Jr.; J. R.; Hunt; J. G. & Osborn, R. N. (2000). Fundamentos do Comportamento Organizacional. Porto Alegre: Bookman.   TÁBUA DE CORREÇÃO – ASPECTOS MACROESTRUTURAIS – 3,00 pontos   Características que configuram um transtorno mental – Valor: 1,00 ponto   Diagnóstico compatível ao caso hipotético e os especificadores clássicos – Valor: 1,00 ponto   Plano de intervenção – Valor: 1,00 ponto  


Psicologia - Concurso: DETRAN-RO - Ano: 2014 - Banca: IDECAN - Disciplina: Psicologia - Assunto: Psicologia - Os testes psicológicos são considerados um importante instrumento de avaliação na rotina profissional do psicólogo. Considerando tais fatores, elabore um texto definindo o teste psicológico/bateria de testes, e discorra sobre alguns itens de relevância para a qualidade das medidas e do entendimento dos dados em um teste psicológico:  Definição, importância e dificuldades da fidedignidade de um teste psicológico;  Definição de validade de teste psicológico e seus principais conceitos: validade relacionada ao conteúdo, ao critério e a constructo.
 
- Resposta: O teste psicológico, normalmente, é designado de um conjunto de testes que recebe o nome de bateria de testes, que podem variar entre dois e cinco ou mais instrumentos, que são incluídos no processo psicodiagnóstico para fornecer subsídios que permitam confirmar ou infirmar as hipóteses iniciais. A fidedignidade pode ser definida em concordância com a língua portuguesa, que utiliza esse termo para representar a precisão e a consistência das escalas. A fidedignidade, considerada importante por ser uma maneira de medir um teste psicológico, é um teste pode ser medido de várias formas. Cada forma é apropriada para um tipo de teste e depende de que tipo de fidedignidade se quer medir. Em relação às dificuldades, a autora (Vianna 1973 apu Cunha, 2000) afirma que existem alguns fatores que podem afetar a fidedignidade do teste, portanto, devem ser evitados, tais como: uso impreciso de palavras, extensão exagerada do item, uso de palavras desconhecidas ou pouco familiares, dentre outros. Em relação à definição da validade, pode-se afirmar que ela trata do que o teste psicológico mede e através dos conceitos medidos. A validade relacionada ao conteúdo trata, basicamente, da questão do exame sistemático do conteúdo do teste, a fim de determinar se os itens cobrem uma amostra representativa do universo do comportamento a ser medido e para determinar se a escolha dos itens é apropriada e relevante. Já a validade relacionada ao critério aborda a qualidade da escala ou teste de funcionar como um preditor presente ou futuro, de outra variável. E, por fim, a validade relacionada a constructo trata do grau pelo qual um teste mede um constructo teórico ou traço para o qual ele foi designado para medir. Fonte: CUNHA, Jurema Alcides. Psicodiagnóstico V. 5. ed. rev. e ampl. Porto Alegre: Artmed, 2000. p. 109, 160, 161, 163 e 164. TÁBUA DE CORREÇÃO – 6,0 pontos.  Fidedignidade: definição, importância e dificuldades. Valor: 3,0 pontos.  Validade: definição e principais conceitos. Valor: 3,0

Psicologia - Concurso: TJMA - Ano: 2009 - Banca: IESES - O stress emocional é um dos fatores significativos que contribuem para o desenvolvimento de uma série de doenças físicas e psicológicas. A produção de cortisol induzida pelo stress pode potencializar uma série de dificuldades inclusive ligadas ao desempenho na aprendizagem, na qualidade e ritmo de produtividade, bem como na convivência.  Pensando na sua prática profissional, cite o que é o stress emocional, como ele se desenvolve, quais suas fases e suas conseqüências, seu impacto na vida do indivíduo e na dos que interagem com ele.
 
 - Resposta: O candidato deve definir, conceituar o stress emocional, explicar todas as suas fases (fase de alerta, fase de resistência ou adaptação, fase de quase-exaustão e fase de exaustão) como se desenvolvem, como se passa de uma para outra no caso da continuidade até o nível máximo, bem como, quais conseqüências elas tem na vida do indivíduo (físicas, emocionais, sociais e organizacionais) e na vida dos que estão próximos.
 

 
Veja também